19 julho 2011

.: SUPLEMENTO :.

PERDIDO

Desolado e sozinho
Na longa noite do lado
Onde a burma baixa e a neblina esfria,
O assovio de um barco
Chama e chora ao largo
Como um menino perdido
Em lágrimas e lástimas
Busca o abrigo de um peito
E o refúgio de uns olhos.

                Carl Sandburg, tradução de Tonico Mercador


Nenhum comentário:

Postar um comentário