16 novembro 2011

SOLUÇOS

Soluços são assim, mágicos, vem do nada e te oportunam por tempos e tempos. Sem se importar com seu  desejo, ficam de forma indeterminada, por mais que se tente fugir, ele só irá embora quando quiser.
E assim eles vem, te atormentam e vão embora, sem deixar marcas... Como alguns romances que vem apenas para te incomodar, atormentar por um certo tempo. Você tenta e tenta fugir, mas ele só vai embora quando quer.
Vai, sem deixar marcas... Triste soluço.


07 novembro 2011

CREPÚSCULO EM CHUVA

Com chegada do crepúsculo vem a chuva, encerrando o dia.
Sozinho em casa, sinto falta de uma companhia, o espaço vazio ao meu lado nesta pequena cama me atormenta.
Um beijo, um abraço, um toque... eu faria qualquer coisa por um pouco da sua presença.

Lá fora, a chuva lava as ruas. Em mim, as lágrimas lavam a alma.
Lá fora o entardecer desperta a calma. Em mim, a saudade desperta a tristeza.
Enfim, solitário me recuo as memórias de um dia te ter ao meu lado... e sem resposta alguma sua, torço pra que eu poça dormir com a música da chuva e sonhar com você.